Extras


Halloween! Entre doces e travessuras, escolhi uma doce travessura


Dia de Halloween perfeito, nublado, chuvoso, queda de temperatura, ou seja, tudo contribuindo para um delicioso Halloween, e era exatamente isso que eu desejava.

Me preparei a caráter e fui em destino a minha festinha particular. Cheguei no horário combinado, vestindo um corselet preto de renda vermelha, meias 7/8 também pretas e uma linda e grande capa preta, a calcinha?! esqueci em casa.
Ao bater na porta meu bruxo logo abriu-a, a mim coube apenas perguntar: Doces ou travessuras? rs, a resposta foi imediata: Travessuras, muitas travessuras rs.
Entramos no clima, tinha velas espalhadas pelos cantos da sala juntamente com almofadas pretas e vermelhas, e um delicado perfume emaranhava o ar. No canto uma mesinha cheia de doces e petiscos junto a uma garrafa de vinho.
Retirei a capa e enquanto me abaixava para coloca-la no canto eis que recebo um delicioso tapa na bunda seguido de outros enquanto ele falava: Hoje teremos muitas travessuras rs.
A brincadeira começou com esse bruxo malvado me colocando de bruços sobre as almofadas, lambendo, sugando minha xotinha, que foi ficando dormente pela força com que era sugada, ele sugava sem dó, com vontade. Parou e mandou-me servir-lhe uma taça de vinho, mas antes colocar os seios a mostra no corselet, atendi e dei-lhe o vinho. Mandou-me ajoelhar e com a ponta do dedo passava vinho em meus lábios ternamente para depois derrama-lo sobre meus seios que foram imediatamente tomados por aquela boca faminta, as mãos apertavam, beliscavam, uma mistura gostosa que eu não queria que tivesse fim. Puxou meus cabelos para trás e deliciou-se com meu gemido enquanto apertava o biquinho de meu seio.
Tirei-lhe a roupa por completo, e enquanto ele sentado sobre umas almofadas tomava calmamente outra taça de vinho eu lhe fazia um boquete daqueles que adoro fazer nesse bruxo. Suguei todo aquele caralho pra dentro de minha boca, passei a língua em todo ele, e lambi aquelas bolas como se fosse o último picolé do deserto, da cabecinha saía um líquido que não ousei desperdiçar, minhas mãos movimentavam-se em vai e vem naquele caralho que eu sugava com tanto gosto. Ele inclinou-se um pouco para poder foder com os dedos minha xotinha, não resisti e acabei dando minha primeira gozada da noite ali em seus dedos, que depois limpei chupando-os.
Ele queria mais, eu queria mais. Deitei sobre almofadas, pernas para cima bem abertas para que ele pudesse adentrar na diversão, e o bruxo veio com aquela boca novamente em minha xotinha mas desta vez o dedo desceu até o cuzinho enquanto lambia a xota, parou e resolveu que era hora de foder aquele caralho dentro de mim e socou com vontade, gemi alto com aquele caralho grosso me arrombando sem dó, gemi de tesão e ainda levei uns tapas que só aumentavam o tesão da hora. Mas ele não queria gozar tão rápido, então parou e foi brincar com a língua em meu cu, que vertigem nessa hora, muito prazer, como gosto de ser comida por esse bruxinho. Ele virou-se para fazermos um 69, ouvir os gemidos dele aos movimentos de minha boca era extasiante. Minha xota se derramava toda em sua boca, enquanto o caralho dele parecia que ia explodir de tão grosso e latejante que estava.
Deitei de bruços e com a bunda bem inclinada fui novamente fodida na xota com vontade, depois foi direto para o cu e minhas mãos ficaram em minha xota alucinadamente, gritávamos, suávamos, a temperatura parecia estar em torno de 45 ° quando atingimos o ápice do momento, ele retirou o caralho rapidamente do meu cu deixando toda aquela porra gostosa e suculenta esparramar-se pela minha bunda.
Após toda essa travessura tomamos um banho regado a muito carinho e fomos comer nossos outros doces...mas a noite apenas começava, foram muitas travessuras noite adentro...

by Anita

27 comentários:

  1. Adorei... fico esperando mais travessuras.. ;)

    ResponderExcluir
  2. Isso é que eu chamo de verdadeiro Halloween...q tal mais travessuras?

    ResponderExcluir
  3. Essas travessuras é o desejo de qualquer bruxo ;O)...
    20****
    Bjs Anita

    ResponderExcluir
  4. super sensual, já estou seguindo.
    Bjs.molhados.
    Beto

    ResponderExcluir
  5. Já gostei , mas volto para ler inteiro, venha me seguir tb, beijos Anita!

    ResponderExcluir
  6. Estou ansioso por conhecer mais travessuras tuas... para já, estou a adorar!
    amigocolorido1972@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. Não sei se sabe mas quando vira amiga e seguidora de mim, ganha em dobro, pois comigo vem colado e misturado um outro poeta um pouco menos safado e que já vai deixar para ti um poema sobre rabo, pois nos somos amantes dessa arte e prazer . . .


    Foi enrabada

    Sim homem gosta de rabo
    Um rabo lindo e bem desenho
    Não simplesmente um rabo
    Mas um que deseje ser bem usado
    Mas esse uso tem prazeres fundos
    E já que disse que todas gostam
    Acho que foi uma dica ousada
    Pois lógico que tem que saber
    E no fazer começo com a língua
    Assim devagar o gosto e a entrada
    Vão sendo com gemidos atendidos
    E vais ver que começa um rebolado
    Vindo para traz querendo a linguada
    Onde eu sodomita assumido
    Expresso a arte de bem atender
    Um rabo com meu muito prazer
    E devolvo tudo isso em dobro
    Na hora quando a cabeça passar
    Depois disso mais lento ainda
    Você vai começar a gozar
    E a cada pedaço o mais grossa
    E safado pau vai sentir lá no fundo
    Mas só precisa relaxar e nos beijos
    Vai se abrindo para poder sentar
    Assim abraçar e beijar minha boca
    E sentindo o latejar no rabo
    Ele vai ficar todo gozado

    Ulisses Reis®
    01/11/2011

    Para Anita

    ResponderExcluir
  8. OLá Anita, entrei e gostei. Vou ficar de visita guiada pelo teu texto.
    Beijão

    ResponderExcluir
  9. maybe,

    As travessuras são o desejo de qq bruxo e os doces?! rs

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Doce Prazer

    Obrigada pela visitinha..veio bem a calhar seus docinhos rs

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Almeida Lucius™

    Adorei o poema, gosto muito de poemas.
    Muito obrigada!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Litus,

    Sempre será bem vindo...vamos nos divertir em travessuras? rs

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Ok, Anita reformulando; essas doces travessuras são o delírio que qualquer bruxo;)
    Adorei o texto… Quando chegar o Natal vou pedir uma prenda dessas no sapatinho
    Beijos…Anita

    ResponderExcluir
  14. descobrimos o teui blog e gostamos muito...

    beijos e continuação de boas travessuras

    ResponderExcluir
  15. Adorei o blog. Puro tesão. Seguindo.
    beijos
    Marina

    ResponderExcluir
  16. Hum...que delicia de travessuras....

    Vc não ker fazer uma travessura comigo? Estou didponivel...rsrsr

    Beijinhos molhados
    DD

    ResponderExcluir
  17. Que lindo e intenso o seu conto me deliciei do começo ao fim! parabéns, tudo a ver com o dia de halloween!Confesso que fiquei com as pernas bambas(rs,rs) beijos carinhosos e envolventes

    ResponderExcluir
  18. Confidencias de um casal,

    Com certeza espero realizar ainda muitas travessuras e poder dividi-las aqui com vcs...sejam bem vindos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Marina..fique à vontade, volte sempre, será muuito bem vinda. Teu blog tb é puro tesão.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Derek Dick Derek Dick

    É só vc marcar o dia e hora e vamos brincar, faremos muitas travessuras rs...

    ResponderExcluir
  21. Simone butterfly...

    Travessuras de Halloween são uma delicia...obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir
  22. deseas compartir links para aumentar el numero de visitas?

    mI BLOG:
    http://xvideosamateur.blogspot.com

    mi e-mail:
    solovideoscaseros@gmail.com

    ResponderExcluir
  23. Deliciosas travessuras...
    Adoramos.
    Doces beijos nossos.
    Rubra e Zé

    ResponderExcluir

As moradoras da Casa de Anita, deliram de prazer com o seu comentário...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...